terça-feira, 4 de agosto de 2009

SOBRE O CASO JOVEM PAN FM DE SÃO PAULO



A comunidade Dial do Rio de Janeiro já divulgou notícia sobre o risco de extinção da Jovem Pan 2, FM, para virar retransmissora da Jovem Pan 1, AM.

Provavelmente o caso ainda está em fase de discussões entre o proprietário do Grupo Jovem Pan, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o Tuta, e seu filho, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o Tutinha.

Até agora não se sabe oficialmente de quem parte a intenção de acabar a JP2, mas é bem provável que ela parta do pai, Tuta, já que o Tutinha - que chegou a fazer um personagem no programa "Pânico da Pan" - trata a Jovem Pan 2 como se fosse sua "filha".

Ultimamente, a Jovem Pan 2 retransmite alguns noticiários da Jovem Pan 1, entre eles o Jornal da Manhã. Já se falou até na intenção da FM retransmitir as jornadas esportivas da AM. Por outro lado, a Jovem Pan 1 tem várias afiliadas em FM, uma delas em Manaus, cujo Estado, Amazonas, ironicamente tem a sigla AM.

Se a Jovem Pan 1 paulista migrar para a FM, é possível que, numa reformulação da programação, o "Pânico da Pan" seja o único programa remanescente da FM. Ele seria feito para concorrer com o "Na Geral" da Rádio Bandeirantes.

Nenhum comentário: