segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O "LÍDER DE OPINIÃO" E O SAMBREGA


O "líder de opinião", aquele que faz blogs que logo na inauguração já tem mais de mil visitantes e, pelo menos, quarenta seguidores, fez um elogio entusiasmado ao novo disco de um grupo de sambrega, chamado Delícia do Meu Bem Querer.

O grupo, apelidado pelo público e pela mídia de Delícias, lançou seu quinto LP, trocando a postura de "mexedores de pezinhos" dos álbuns anteriores para uma postura de todo mundo sentado com seu instrumento (pandeiro, cavaquinho, violão, banjo, tambor etc.). E, em vez da imitação de soul music em ritmo de samba, o grupo passou a imitar o som do Zeca Pagodinho, sambista de maior sucesso no país atualmente.

Pois o "líder de opinião", para quem não se esperaria elogios entusiasmados a neo-bregas (dez anos atrás ele mandaria farpas justamente contra os "mexedores de pezinhos"), disse que o disco do Delícias era maravilhoso, "descobriu" que eles eram "bons sambistas" (sic) e ainda enumerou quatro faixas "mais legais" do disco.

Só que o grande problema é que, num olhar mais atento, as quatro faixas "legais" levam as assinaturas de Ataulfo Alves, Diogo Nogueira, Zeca Pagodinho e a antiga dupla Arlindo Cruz e Sombrinha.

Vá entender o "líder de opinião", presente nos blogs mais badalados da Internet...

Um comentário:

Marcelo Delfino disse...

Alexandre, não dê ideia! Daqui a pouco, surgirá um grupo de sambrega que usará esse nome que você inventou aí: Delícia do Meu Bem Querer.

Caberá a você decidir: cobrar royalties do grupo ou embargar o nome na Justiça.