quinta-feira, 13 de agosto de 2009

DIPLOMA DE DIZIMISTA


Na onda das denúncias contra a Igreja Universal do Reino de Deus, há o hilário caso da concessão de um "diploma" para quem tivesse pago os dízimos "religiosamente" (olha o trocadilho). Ou seja, aquele que, toda vez que frequentar o culto na Igreja Universal de seu bairro, "doar" uma quantia financeira expressiva para os pastores, ganha um certificado que, pasmem, conta com a "assinatura" do "Sr. Jesus Cristo", ao qual se atribui a função de "abençoador".

O cômico documento - que poderia render um processo contra a IURD por falsidade ideológica, até pela caligrafia rudimentar e pouco personalizada do suposto "Jesus Cristo" - tem linguagem pomposa e rebuscada.

O caso citado é o de um homem com problemas psicológicos que oferecia dinheiro e bens para uma filial da Igreja Universal em Belo Horizonte. Com suas generosas "colaborações" à Igreja Universal, ganhou um certificado, o "diploma de dizimista", com a suposta assinatura de Jesus. Esse fiel deve pensar: "Puxa, tem assinatura do Nosso Senhor Jesus. Que legal!!".

Isso é que é usar o respeitável nome de Jesus Cristo em vão, para motivos fúteis.

Um comentário:

Edilson Trekking disse...

A IURD usa a mesma tática utilizada na venda de indulgências na idade média(idade das trevas).O mais triste nisso tudo, é que a maioria dos fiéis da IURD são pessoa humildes.Existe IURD na Noruega? E a Globo e a Iurd gostam de levar vantagem em tudo,certo!?