sábado, 15 de agosto de 2009

DANIELLA CICARELLI VIROU UMA GAROTA LEGAL


Estou adorando a atual fase da Daniella Cicarelli. Felizmente ela pôde mudar e superar aquela fase hype que não me agradava.

Escrevi textos criticando a Daniella Cicarelli por ela simbolizar, anos atrás, um ideal alienado de juventude, fazendo o jovem ficar com obsessão por agitos noturnos, desfiles de moda, cerveja, praia, telefones celulares, tudo compulsivamente, sem dar tempo ao prazer.

Daniella Cicarelli é linda, sim, mas naquela época toda a badalação em torno dela a fazia cansar. Ela monopolizava o espaço com outras musas que, então, simbolizavam a idéia da mídia jovem e da mídia de celebridades de que o valor da mulher se limitava ao uso de biquíni. Elas então impediam que outras musas, mais sofisticadas, tivessem espaço. Cheguei a polarizar com a jornalista Elaine Bast, com sua beleza ultra-requintada, mas que era o oposto da Daniella Cicarelli em espaço na mídia. Fiz até uma crítica levando em conta isso no e-mail para o Joaquim Ferreira dos Santos - jornalista de bons livros, li o 1958 e a biografia da Leila Diniz - , e ele comparou minha admiração pela Elaine Bast à admiração do escritor Fernando Sabino à Zélia Cardoso de Mello (nada a ver, Elaine não tem a feiura da Zélia, Elaine é LINDÍSSIMA).

Mas depois Daniella Cicarelli fez aquelas cenas de "amor" na praia, aquele "casamento" ultra-badalado com o craque Ronaldinho, e todo o hype perdeu o sentido. A badalação era tão exagerada que o adjetivo "bela" para a Daniella mais parecia uma função a ser descrita em um crachá do que uma qualidade propriamente dita.

Mas, felizmente, Daniella Cicarelli mudou radicalmente e hoje ela está entre as famosas mais legais do país. E está bem mais bonita e graciosa.

Os tempos mudam. A essas alturas, a deusa Elaine Bast casou-se com um economista do Itaú/Unibanco e já espera o segundo filho. E Daniella Cicarelli, depois daquele caso com o Ronaldinho, retirou-se para uma reflexão autocrítica e voltou mais modesta, porém mais humana e por isso mais agradável.

O que me fez mudar a opinião sobre a srta. Cicarelli, e o que me fez admirá-la, e muito, foi que ela soube mudar. Teve autocrítica e humildade para deixar de ser mito e tornar-se mais bacana e simples. Era algo até latente quando ela começou a aparecer nos comerciais da Pepsi, mas que a badalação de Caras, Quem Acontece, Exame VIP e afins não deixou mostrar. Para essa mídia, Daniella Cicarelli foi promovida como se fosse um mito do Olimpo, e isso fez com que ela fosse valorizada acima do que realmente era, e isso até atrapalhou sua carreira, pois foi até jogada para ser atriz de novela sem ter qualquer treinamento para isso.

Hoje Daniella Cicarelli, mais bonita, mais graciosa e mostrando ser inteligente, simpática, deliciosamente bem humorada. A MTV, em parte, ajudou a lapidar a Daniella Cicarelli, dando chance para ela ser apresentadora. E se deu bem. Mostrou desenvoltura, e é a partir daí que ela resolveu seguir seus projetos, não como uma estrela badalada pela grande mídia, mas como uma moça em busca de seu trabalho e de seus méritos. No momento, ela está na "geladeira" da TV Bandeirantes, mas estuda jornalismo e segue sua carreira de modelo.

Daniella Cicarelli não tem uma beleza sofisticada, mas sempre foi bonita e agora, mais ainda, com seus traços de trintona, sua beleza se moldou de forma brilhante. É um exagero compará-la à Audrey Hepburn (deixemos essa comparação para a Elaine Bast), tal qual fez o Arnaldo Jabor, mas Daniella Cicarelli tornou-se adorável à sua maneira. Pelo menos a atitude da Daniella foi bem mais nobre que a Sheila Mello, que hesita entre ser "atriz séria" e musa popularesca, e ainda afirmou ter muito orgulho de ter participado do grupo É O Tchan, de triste lembrança como um dos símbolos das baixarias gratuitamente veiculadas pela mídia gorda nos anos 90.

Daniella teve coragem de mostrar seus talentos, que estavam latentes durante sua fase de hype, e ela até como cantora foi razoável, tem até uma boa voz, como mostrou num programa da MTV. Se ela quiser ser atriz, ela pode, basta estudar, treinar, coisa que até os atores mais talentosos fazem (ser ator é aprender sempre).

Que seja benvinda esta nova fase da Daniella Cicarelli, que ela tenha boa sorte, muito sucesso e, mantendo a simplicidade e a simpatia, aliadas ao talento, ela irá longe.

Nenhum comentário: