quinta-feira, 2 de julho de 2009

Atores a serviço da campanha "cultural" da mídia gorda


A culpa não é nossa, não é invenção nossa, a responsabilidade é toda da Samara Felippo, que deixou vazar a informação de que atores de TV são contratados para eventos popularescos, no caso a axé-music. Mas o breganejo e o "funk carioca" também contratam atores para se passarem por fãs do estilo.

A mais nova vítima é a atriz Stephany Brito, que, talvez visando um futuro bom papel numa novela da Rede Globo, incluirá o medonho "funk carioca" na festa de seu casamento com o jogador Alexandre Pato.

Juliana Paes também andou se passando por "funkeira" devido a essas clausulas contratuais em que todo jovem ator terá que aderir aos ritmos da Música de Cabresto Brasileira se quiser manter os compromissos profissionais em dia.

Como prêmio por Juliana Paes ter incluído "funk" na festa de casamento com seu hoje marido Carlos Eduardo Baptista, a atriz ganhou papel de protagonista na novela Caminho das Índias, atualmente no ar na Rede Globo.

E tem gente que não acredita que os ritmos brega-popularescos são associados à mídia gorda...

4 comentários:

Lucas Rocha disse...

Sei que o mercado brega-popularesco é muito competitivo pra botar o pancadão carioca e a suingueira soteropolitana no sucesso nacional. Mas, para o pagodão baiano pós-Psirico fazer sucesso no Brasil inteiro, é preciso que o "funk" se consolide como hegemonia nacional. Mas, mudando de assunto, será que, para fazer papel com inicial de "L" em qualquer novela setentista (como "Pecado Capital", "Duas Vidas" e "Água Viva"), Betty Faria precisava ser contratada para participar de algum evento brega (como, por exemplo, show do hoje falecido Waldick Soriano - argh!)?

O Kylocyclo disse...

Não, Lucas, porque os tempos eram outros.

Lucas Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucas Rocha disse...

Se o pessoal de Tanguá (cidadezinha do interior fluminense situada entre Itaboraí e Rio Bonito) fizer uma passeata contra o pancadão carioca, será que o grupo pagonejo Katinguelê vai voltar a fazer sucesso em 2010?