segunda-feira, 27 de julho de 2009

Ainda sobre o reacionário Olavo Bruno



Observando as "pérolas" do irado (não é gíria) Olavo Bruno, mistura de Diogo Mainardi com Paulo César Araújo:

"mpb vai sair do chão há, há, há!"

"victor e léo é o furação da música sertaneja."

"Todo Mundo fala que o Benito De Paula é brega, mas quando o Roberto Carlos gravou a música quero ver voce de perto de 1974 é cultura é chique quanta bobagem."

A primeira frase faz elogios implícitos à axé-music. Os ídolos baianos da axé-music estão em turnê pelo Sudeste brasileiro.

A segunda frase evoca uma dupla emergente do breganejo brasileiro, divulgada maciçamente pelas rádios (com ajuda dos "coronéis" e empresários do agronegócio), e que está na trilha de uma novela corrente da Rede Globo.

A terceira frase evoca um cantor de brega, algo como um arremedo piegas do Wilson Simonal. Esse cantor brega lança no momento um DVD com seus grandes sucessos.

Já vimos que, com essas três frases, Olavo Bruno falou de intérpretes que no momento investem de qualquer forma no sucesso momentâneo na grande mídia.

Não será coincidência demais uma pessoa "comum" falar de intérpretes com o mesmo tipo de campanha publicitária na grande mídia (e justo ele que acredita que Maria Rita Mariano é "produto de marketing")?

Com tudo isso, podemos inferir que Olavo Bruno pode ser, muito provavelmente, algum funcionário a serviço dos homens da grande mídia brasileira. Produtor do Faustão? Assessor do Gugu Liberato? RP da Central do Carnaval? Redator da Contigo? Estagiário de Caras? Webmaster do portal Fuxico?

As apostas estão lançadas, pessoal!!

Nenhum comentário: